Sem comandos

BOMBA FRAUDADA

Fraudes relacionadas à comercialização de combustíveis já existem há muito tempo. Uma que tem crescido, de forma expressiva, é a popularmente conhecida como “Bomba-Baixa”. Neste caso, o consumidor é lesado na medida em que está… Saiba mais

BASTA DE FRAUDES

Poderiam ser construídos 20 hosptitais e 400 creches todos os anos se os impostos sobre combustíveis fossem pagos corretamente por todos os produtores e distribuidores. Clique e confira o pdf da campanha Basta de Fraudes… Saiba mais

DEVEDOR CONTUMAZ

O setor de distribuição de combustíveis tem sido alvo de uma prática desleal e nociva ao Brasil. Trata-se da atuação dos chamados devedores contumazes: empresas que fazem do não pagamento de tributos a base do seu negócio. Saiba mais

Informações

Nesta seção você poderá encontrar informações em bancos de dados e relatórios.

Clique nos links para visualizar o conteúdo desejado.

Notícias

Aqui você poderá encontrar clippings de notícias relevantes, vídeos e anúncios e campanhas realizadas pelo Combustível Legal. Clique nos links para visualizar os arquivos disponíveis no site.

Denuncie

Além de testar a conformidade dos combustíveis, durante uma ação de fiscalização em posto revendedor os fiscais designados pela ANP verificam uma série de exigências referentes a documentação, segurança e a proteção ao meio ambiente. Eles estão autorizados a emitir autos de infração, a interditar bombas de abastecimento e a cancelar registros de produtos, no caso de irregularidades, em qualquer um dos cerca de 38 mil postos revendedores do Brasil. Em 2010 foram realizadas 27.878 ações de fiscalização em postos; em 2011, até junho foram 10.763.

A ANP também atua preventivamente para evitar fraudes que lesam os consumidores. Uma delas é o Programa de Marcação Compulsória de Produtos, que determina a marcação química de derivados de petróleo líquidos com o objetivo de permitir a identificação de solventes usados para adulterar gasolina.

  • Facção criminosa adultera gasolina com substâncias perigosas à saúde – Fantástico saiba mais

  • Disque roubo de combustíveis é criado para fiscalizar o roubo nos dutos de combustíveis. saiba mais

  • Com suspeita de fraudes, Ipem-PR lacra bombas de combustíveis saiba mais

  • Quando o consumidor enche o tanque de seu carro, não imagina a complexidade da cadeia de abastecimento envolvida.

    manifesto-combustivel-legal-revisao-1-imagem

     

     

     

     

    Navios, refinaria, usinas de biodiesel, usinas de etanol, distribuidoras, transporte e posto de combustível.

    Neste ciclo, bilhões de reais são investidos, centenas de milhares de empregos diretos e indiretos são gerados e bilhões de impostos são arrecadados.

    Infelizmente, nesta cadeia, uma pequena parcela de empresários mal intencionados utiliza-se de práticas fraudulentas que acarretam danos de alta monta, irreparáveis para o fisco, para a concorrência e para toda a sociedade.

    Há sonegação e inadimplência de tributos, principalmente oriundas de importações de correntes, solventes e metanol com destinação indevida (fraudes); de alguns produtores e de distribuidoras que vendem notas fiscais (“as barrigas de aluguel”), que se tornaram devedores contumazes de somas altíssimas de tributos. Empresas estas que se utilizam de todos os artifícios protelatórios, tanto na esfera administrativa quanto no judiciário, para o não recolhimento dos impostos devidos.

    Mais de 2 bilhões de reais anuais estão sendo perdidos, pois essas empresas, na sua grande maioria, não possuem ativos suficientes para honrar estas enormes dívidas acumuladas por longos períodos. Ao final de uma longa demanda judicial, o Estado irá ganhar, mas não receberá. É o velho ditado: “ganha mas não leva”.

    Não bastasse isto, grupos estão usando o setor para lavagem de dinheiro, estão se infiltrando, adulterando o combustível, fraudando bombas de abastecimento, promovendo uma concorrência desleal e causando um enorme prejuízo para o consumidor.

    Basta de fraudes nos combustíveis!

    Por isso o SINDICOM criou… o COMBUSTÍVEL LEGAL!

    Trata-se de um conjunto de iniciativas que visa promover uma ampla discussão sobre as atividades ilícitas no setor de combustível.

    O Combustível Legal defende e estimula a criação de forças-tarefa permanentes, a exemplo do que está sendo feito em São Paulo no combate à adulteração e fraudes volumétricas nas bombas, fruto da iniciativa dos governadores Geraldo Alckmin e de Beto Richa, do Paraná, além de terem encaminhado novas leis, mais severas, visando combater estes ilícitos. Promover uma revisão na regulação e nos procedimentos de importação das correntes de derivados, dos solventes e do metanol também integra a lista de objetivos do programa.

    O Combustível Legal defende a validade dos regimes especiais de tributação e de fiscalização, que são de competência das secretarias de fazenda. Estes regimes funcionam como uma vacina que visa prevenir perdas definitivas oriundas dos devedores contumazes. Não é razoável dar um tratamento isonômico para aqueles que atuam no setor com práticas diferentes, via de regra nocivas para o fisco, concorrência desleal e, obviamente, danosas para a sociedade.

    O programa defende a constitucionalidade de leis que estabelecem os critérios que diferenciam o devedor contumaz de um devedor eventual. A legislação atual trata ambos da mesma forma, e isto não pode continuar assim.

    O Combustível Legal também defende uma melhor uniformização das alíquotas de ICMS entre os estados, além de concentrar os tributos no elo mais robusto da cadeia.

    O Combustível Legal reforça a importância de um ambiente ético e leal, no qual todos paguem os tributos devidos e estimule uma concorrência saudável, em que o grande beneficiado é o consumidor.

    COMBUSTÍVEL LEGAL

                                               Todo mundo sai ganhando. O Brasil agradece!

     

     

     

  • Mais uma conquista do Combustível Legal! PR fecha estabelecimentos fraudadores saiba mais

  • Força-tarefa fiscaliza posto de combustíveis no Recife saiba mais

  • ANP utiliza pela primeira vez kit que permite identificação imediata de adição irregular de metanol saiba mais

  • Suspeitando de irregularidade em algum posto de abastecimento, informe a ANP Saiba mais

  • Conheça e utilize a pesquisa semanal de preços da ANP na internet Saiba mais

  • Como fazer valer seus direitos ao abastecer seu veículo Saiba mais