fbpx Densidade da nova gasolina poderá ser utilizada como arma contra adulteração de combustível - Instituto Combustível Legal
Motor

Densidade da nova gasolina poderá ser utilizada como arma contra adulteração de combustível

Publicado em 03/08/2020 por Marcellus Leitão

Todo líquido tem densidade. Da água ao éter, a variação dessa densidade pode ser um ótimo parâmetro de verificação de sua qualidade. E seguindo essa lógica, foi aprovada a normatização do controle da densidade da gasolina diretamente nas bombas dos postos de abastecimento.

A determinação da Agência Nacional do Petróleo (ANP) estabelece que densímetros estarão à disposição para análise nos estabelecimentos. A gasolina em todo o território nacional terá que ter densidade mínima de 0,715 kg por litro. Isso significa que gasolinas com densidade menor estão adulteradas por solventes, etanol, ou outras substâncias.

A fiscalização da ANP autuará os postos que vendem produtos suspeitos, usando, inclusive, o Boletim de Conformidade enviado pela distribuidora. A medida deverá reduzir drasticamente a possibilidade de adulteração e os prejuízos ao consumidor.

Para saber mais sobre o assunto, conversamos com o engenheiro Ricardo França Nunes da Rocha, Coordenador Técnico de Combustíveis da Ipiranga, que destaca alguns pontos importantes:

Combustível Legal: afinal, o que é densidade da gasolina?

França: o que popularmente é chamado de densidade é a massa específica, que é um dos parâmetros alterados na nova resolução. Ela determina a massa das moléculas do combustível por volume, ou seja, quanto maior a massa específica, maior a energia do combustível por unidade de volume.

Combustível Legal: a ANP está normatizando esse parâmetro. Como será isso?

França: a ANP estabeleceu um parâmetro mínimo, o que antes não havia, facilitando a adição de naftas leves ao combustível para reduzir seus custos por parte de alguns importadores e formuladores. Isso gera massas específicas baixas, provocando maior consumo do veículo devido ao menor conteúdo energético.

Combustível Legal: de que maneira esta nova exigência poderá ser conferida?

França: ela poderá ser conferida nos postos, por meio de uma análise com o uso de densímetros.

Combustível Legal: e como funciona um densímetro?

França: existem vários tipos de densímetros. Os comumente usados são de vidro e calibrados e aferidos para a faixa do combustível em questão. O densímetro de vidro é imerso no combustível em uma proveta. A leitura é feita na graduação do equipamento pelo menisco superior do combustível.

Combustível Legal: ele é igual àqueles que conhecemos das bombas de etanol?

França: não. Ele é portátil, possuindo graduação.

Combustível Legal: de que maneira a densidade estabelecida em norma poderá melhorar a gasolina?

França: [a densidade estabelecida] evitará que gasolinas leves, que geram maior consumo, sejam escoadas no mercado. Consequentemente, uniformizará a percepção do consumidor quanto ao rendimento do combustível.

Combustível Legal: esse novo controle poderá marcar o fim da adulteração da gasolina?

França: a expectativa é a de que haja uma coibição da fraude, no entanto, existem outros tipos de adulteração, como a adição indiscriminada de etanol na gasolina, ludibriando o consumidor.

Combustível Legal: há componentes de adulteração que podem não ser “lidos” pelo densímetro?

França: é importante salientar que apenas análises mais robustas em laboratórios poderão determinar os componentes da adulteração, que é um ato doloso contra o consumidor.

Combustível Legal: que variações serão aceitáveis?

França: o aceitável será o resultado mínimo de 715 kg/m³. Como falado anteriormente, quanto maior a massa específica, menor o consumo.

Combustível Legal: como o consumidor esclarecido deve proceder de agora por diante quando abastecer?

França: preferencialmente, escolher postos que pertençam às distribuidoras que possuem programas da qualidade próprios.

Combustível Legal: o consumidor notará diferenças no funcionamento do motor após a nova norma?

França: em algumas localidades em que havia o comércio de gasolinas importadas mais leves, essas diferenças podem ser notadas, sim.

Combustível Legal: os cuidados de sempre, como buscar postos de confiança, permanecem?

França: como falado acima, sim, ainda haverá outras tentativas de fraudes por parte dos grupos que agem de má fé no setor, prejudicando os consumidores. Mas buscar postos de confiança, que estejam cobertos por programas da qualidade de suas distribuidoras, continua a ser a importante dica. Outra dica, igualmente importante, é desconfiar de preços baixos demais nas bombas.

Leia também: