Vai viajar no fim de ano? Saiba como pegar a estrada com segurança e economia - Combustível Legal
Motor

Vai viajar no fim de ano? Saiba como pegar a estrada com segurança e economia

Publicado em 21/12/2018 por Redação

Fim de ano é hora de pegar a estrada para rever a família, ou aproveitar para recarregar as baterias em algum lugar tranquilo, certo? Sim, mas é sempre importante que o seu veículo esteja preparado para a viagem. Nessa época, em que a contenção de gastos é importante, viajar no feriadão com segurança e economia é sempre muito bem-vindo. Para isso, um bom motorista deve saber como dirigir para que o seu carro não consuma mais do que precisa e, por tabela, não se desgaste nas estradas mais do que o necessário. Isso sem falar no cuidado com a onda de calor que estamos atravessando.

Segundo o especialista em combustíveis da BR, Antônio Alexandre Ferreira Correia, há vários elementos que contribuem para a otimização do veículo na estrada. Se está nos seus planos viajar neste feriadão, veja como se preparar:

  • Defina com antecedência a melhor rota

Se no passado os motoristas dependiam muito da experiência própria, ou de mapas em papel para explorar as estradas brasileiras, hoje e dia, a internet, computadores e os smartphones deixaram essa tarefa muito mais fácil. Utilizar aplicativos que traçam e otimizam rotas já faz parte do cotidiano de muitos motoristas e podem ser muito úteis para acessar os caminhos mais curtos, ou com menos trânsito.

  • Atenção à calibragem dos pneus

Extremamente útil, mas muitas vezes ignorado pelos motoristas, o manual do seu veículo é o seu melhor amigo na hora de saber a calibragem ideal dos seus pneus. “A calibragem correta dos pneus otimiza o gasto da gasolina e está sempre descrita no manual do carro. Caso o motorista se esqueça dela, é sempre bom lembrar que os veículos também trazem essa orientação por escrito em algum local: na parte interna da porta, ou no interior da tampa do tanque de combustível, entre outros”, afirma Antônio Alexandre.

  • Não exagere no peso

Especialmente em viagens em família, muitos motoristas caem no erro de sobrecarregar o veículo. É importante levar apenas o que é essencial, já que isso não só compromete o combustível, mas também coloca em risco a segurança dos ocupantes. “É sempre importante considerar o que vale, ou não, a pena levar. Além da bagagem, muitos motoristas têm o hábito de deixar coisas desnecessárias guardadas dentro do carro. Em veículos mais novos, por exemplo, uma caixa de ferramentas pesada não faz sentido, já que a regulagem dos motores é muito mais complexa”, explica o especialista da BR.

  • Alinhamento, balanceamento e manutenção em dia

Dois procedimentos muitas vezes negligenciados pelos motoristas, o alinhamento e o balanceamento do veículo fazem toda a diferença na estrada. Além dos sintomas que indicam a necessidade desses ajustes – como a direção puxando para um lado, ou vibrações excessivas em determinadas velocidades –, o manual do seu veículo traz a frequência mais indicada para repetir esse procedimento, que geralmente varia de 5 a 10 mil quilômetros. Outro item importante na manutenção do veículo, um filtro de ar sujo pode aumentar o consumo de combustível, por exemplo.

  • Técnicas de direção

Além de todas essas medidas de manutenção, um motorista também deve saber as técnicas ideais para conservar o combustível do seu carro quando está ao volante. Segundo Antônio Alexandre, hábitos como saber dosar o pedal do acelerador, ou fazer a troca de marcha no tempo correto, economizam combustível e preservam o veículo. “Coisas triviais, como fazer uma aceleração mais gradual e trocas de marcha nos tempos certos, otimizam o consumo de combustível. Assim como evitar frenagens bruscas e tirar o pé do acelerador quando você sabe que, lá na frente, vai precisar parar o carro”, ressalta o especialista.

  • Manutenção do ar-condicionado em dia

 Para enfrentar o forte calor deste fim de ano, a manutenção do ar-condicionado do carro é de extrema importância. Assim como a limpeza, ou a troca do filtro de tempos em tempos, verificar o nível do gás refrigerante, responsável por gelar o sistema, também é essencial. Isso faz com que o ar consuma menos potência do veículo e tenha um impacto menor no combustível. Confira outras dicas sobre o uso do ar-condicionado neste verão.