Motor

Carro com cheiro de combustível? Saiba o que fazer e quais riscos o motorista corre

Publicado em 29/03/2019 por Redação

Está sentindo um cheiro forte de gasolina, álcool, ou gás ao sair com o seu carro? É melhor ligar o sinal de alerta e procurar uma oficina mecânica. Para que não haja problemas maiores, o coordenador de Saúde, Segurança e Meio Ambiente da Raízen, José Roberto Manhães, lembra que um possível vazamento de combustível pode ter várias razões, com riscos de causar acidentes mais sérios. Sendo assim, é bom investigar a sua origem e saná-lo o quanto antes.

“Todo vazamento que ocorre na parte do motor é extremamente perigoso, pois o combustível (líquido) poderá entrar em contato com a parte aquecida, que será a fonte de ignição, formando, juntamente com o oxigênio, os elementos básicos para o início de uma chama. A origem de um vazamento pode ser alguma falha mecânica, uma mangueira danificada ou ressecada, uma vedação que não está funcionando da forma correta, ou até o simples derramamento do produto durante o abastecimento pode deixar esse cheiro no veículo”, aponta o especialista.

No caso dos carros movidos a Gás Natural Veicular (GNV), se o proprietário sentir cheiro de gás, tanto no interior, como fora do veículo, a recomendação é a mesma que nos combustíveis líquidos: levá-lo imediatamente a uma oficina especializada para conferir onde está ocorrendo o vazamento. O problema pode ser causado por vários motivos, desde conexões mal feitas ao abastecimento com pressão excessiva, acima de 220 bar. Até procurar ajuda especializada, algo importante a se fazer nesses casos é fechar as duas válvulas de segurança que existem no sistema do kit gás. Uma fica no cilindro de GNV e a outra no compartimento do motor.

Do desgaste da tampa aos tanques de plástico

Manhães desmente alguns mitos sobre o vazamento de combustível: um deles é que a vedação da tampa de combustível pode ser comprometida com as sucessivas aberturas, algo que não ocorre mais nos veículos modernos. “A tampa antiga tinha esse problema, mas hoje, você tem travas interligadas dentro do carro para controlar esse processo. É um sistema de fechadura parecido com o da porta de casa, o que lhe confere uma durabilidade muito maior”, explica.

Os tanques de gasolina feitos de plástico também são vistos com desconfiança, mas o especialista reitera que a suspeita não é válida. “O plástico com o qual são feitos os tanques passam por exaustivos testes, estudos e processos de aprovação e certificação para assegurar a sua durabilidade. Eles são inteiramente projetados com esse propósito”, afirma.

Possíveis causas de cheiro de combustível no carro

Problema no tanque: caso sinta cheiro de combustível, é importante verificar logo de início se não há vazamento no tanque. Veja se não existem marcas no chão, ou se o bojo não se encontra úmido.

Filtro de combustível danificado: assim como outras peças importantes do veículo, o filtro de combustível tem prazo de validade e, com o tempo, pode apresentar fissuras. Isso pode fazer com que o combustível vaze, até mesmo em grandes proporções.

Escapamento danificado: se, por algum problema, o seu veículo estiver realizando a queima incompleta de combustível, o seu excesso pode ser expelido pelo escapamento. Caso ele esteja furado, ou com pontos importantes de corrosão, poderá haver cheiro dentro da cabine.

Reservatório de partida a frio rachado: importante nos carros flex, este pequeno reservatório de gasolina, feito de material plástico e localizado no compartimento do motor, pode, com o tempo, apresentar rachaduras, exalando cheiro de combustível.

Problemas na vedação da bomba de combustível: muitas vezes, essa peça é instalada junto ao tanque. Com o passar dos anos, poderá haver desgaste em suas vedações, fazendo com que vapores de combustível escapem para dentro do veículo.

Abastecer acima do permitido: ao completar o tanque do seu veículo, respeite sempre o clique da bomba de combustível do posto. Ele indica que o tanque já está cheio. Abastecer acima desses limites pode causar derramamento.

E lembre-se: a qualquer sinal de cheiro de combustível no seu veículo, procure logo uma oficina mecânica de confiança para detectar e resolver o problema.

Dicas rápidas