fbpx Coronavírus: confira alguns cuidados de higiene para quem anda, ou trabalha, de moto - Instituto Combustível Legal
Coronavírus

Coronavírus: confira alguns cuidados de higiene para quem anda, ou trabalha, de moto

Publicado em 12/04/2020 por Andre Lunes

Dentre os serviços de grande importância para a sociedade nesse período de quarentena, está o de entregas, realizado em sua maior parte pelos motoboys. E o cuidado com a saúde e a prevenção contra o novo coronavírus deve entrar na rotina desses profissionais, incluindo desde a limpeza correta da moto à higiene pessoal, não deixando de fora, é claro, o capacete e outros acessórios importantes ao seu trabalho, como o celular e a máquina de cartão de crédito, por exemplo.

A recomendação defendida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para todas as pessoas é sempre manter as mãos limpas, lavando várias vezes ao dia com água e sabão. No caso dos motoqueiros, que passam a maior parte do tempo circulando pela cidade, portar um frasco com álcool gel 70% é, sem dúvida, uma opção que o ajudará a manter a higiene das mãos.

Somado a isso, outro ponto de fundamental importância é a limpeza frequente do capacete, tanto por dentro, quanto por fora. Para isso, é necessário borrifar álcool 70% líquido em um pano e limpar toda a parte de dentro primeiro, principalmente no local onde fica a boca. Após, realizar o mesmo procedimento na parte de fora.

Nos capacetes que têm peças internas removíveis, como os acolchoados, elas podem ser retiradas e lavadas com sabão neutro e depois colocadas para secar em um ambiente arejado. O mesmo processo deve ser feito com as luvas, que devem ser lavadas com sabão neutro e colocadas para secar.

Cuidados com a moto e outros itens

Com relação à motocicleta, alguns itens devem ser higienizados com frequência, como os punhos, as manoplas de freio e embreagem, além dos botões mais usados, a exemplo das setas e faróis, e as chaves. Nesse caso, utilizar um borrifador com álcool 70% líquido e um pano para limpar, tendo cuidado para não borrifar partes eletrônicas do painel.

Para os que trabalham fazendo entregas, principalmente de alimentos, é preciso incluir na higienização o baú da moto. Limpar por dentro com papel toalha, ou pano comum, embebido de álcool 70%. Deixar secar por uns cinco minutos antes de colocar qualquer objeto, ou alimento, dentro do compartimento. O mesmo serve para o celular e a máquina de cartão de crédito. Ambos devem ser limpos com a máxima frequência.

Ao abastecer no posto de gasolina, alguns cuidados também devem ser obedecidos, como descer da moto e manter um distanciamento de 1,5 metro do frentista (confira aqui outras dicas para um abastecimento seguro durante a pandemia).

Como proceder nas entregas

Com as partes da moto limpas, é aconselhável que as mãos do motoqueiro se mantenham sempre higienizadas. Sendo assim, antes de qualquer trajeto a ser feito, limpar as mãos com álcool gel 70%. O mesmo serve para manusear as encomendas. Ao finalizar cada entrega, limpar novamente as mãos com álcool gel 70% antes de subir na moto.

Geralmente, o entregador visita os mais variados locais para fazer suas entregas, desde condomínios, prédios comerciais, casas, vilas, entre outros. E é inevitável que ele tenha que tocar em diferentes superfícies, como botões de interfone e do elevador, campainhas, maçaneta de portas e portões. O ideal é que ele escolha qual mão tocará todos esses objetos, preservando a outra para somente carregar a entrega e manusear a máquina de cartão de crédito, se necessário. De preferência, procure abrir portões automáticos e tocar a campainha com os cotovelos.

Ao final, utilize a mão que você dedicou à entrega para pegar o álcool gel e limpar as duas mãos antes de subir na moto novamente e partir para outro destino.

Leia também: